Planejamento estratégico é garantia de sucesso

Planejamento estratégico é garantia de sucesso

Planejamento estratégico ajuda a identificar o que uma organização está se esforçando para se tornar e mapeia os passos necessários para chegar lá. Desenvolvê-lo é um processo de várias etapas e para iniciá-lo é preciso uma ideia clara do que se quer atingir. Porém, alguns pontos são indispensáveis para o sucesso.

Etapa 1: Um olhar visionário

Uma declaração visionária é uma instrução (tipicamente 2 a 3 sentenças) que cria uma imagem mental do que se espera vir a ser ou o que alcançar. É importante entender onde se está indo antes de desenvolver um plano estratégico. É nessa etapa que se traça um objetivo comum entre liderança e funcionários, sendo necessário chegar a um acordo sobre tudo que é descrito.

Etapa 2: Essa é a nossa missão

Uma declaração de missão é uma explicação do por que existe a organização e o caminho que levará a realização do que se almeja. Declarações nessa fase são tipicamente mais curtas do que a anterior, mas nem sempre mais específicas. Deve ser de compreensão geral os valores, fundamentos e filosofia de uma empresa, para saber o motivo de sua existência e seu posicionamento. Normalmente têm-se êxito nessa etapa por meio de brainstorms, identificação de ideias semelhantes, adaptação, reformulação e concretização do que foi apresentado.

Etapa 3: Análise de Gap

Uma análise de gap pode ser entendida como um processo em que uma organização passa pela identificação das lacunas entre seu estado atual e sua visão. Para realizá-la, basta entender o momento em que uma empresa está e compará-lo onde se esperar chegar. Este processo normalmente envolve uma etapa de pesquisas de dados fora da organização que devem ser aplicados internamente, como quota de mercado, sistema de finanças, processos externos e internos, relações-públicas, satisfação do cliente, além da qualidade de produtos e serviços.

Etapa 4: Metas devem ser inteligentes

É preciso de metas a curto prazo, variando de 2 a 3 anos, e elas precisam ser inteligentes, pois objetivos são uma coisa maravilhosa para se ter, mas a menos que sejam implementados e tenha responsáveis por um processo de gestão de desempenho estruturado, não são nada mais do que palavras em um pedaço de papel.

Etapa 5: Acompanhe os progressos

Objetivos devem ser monitorados pelo menos trimestralmente e torna-se muito importante que isso seja feito para não atrapalhar o caminho a ser seguido a longo prazo. Uma vez por ano plano estratégico e metas devem ser revisados e atualizados para refletir as condições atuais do mercado e as mudanças para garantir que o que foi traçado adequa-se ao estado atual da organização.

Muitas empresas desistem de criar um plano estratégico, pois o processo – muitas vezes – mostra-se intimidador. Porém, qualquer organização, independente do seu tamanho, pode mapear um plano ou solicitar a ajuda de um profissional treinado para fazê-lo.

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação

Facebook Comments