Veja os primeiros palestrantes e temas do Global Bar Week

0
47
Barman joga coqueteleira prateada para cima durante preparo de coquetel em ambiente de bar, com prateleiras de bebidas ao fundo e taça transparente em cima do balcão à frente do profissional, que veste camisa preta e avental escuro

O Global Bar Week é o evento digital inédito que reunirá as principais feiras do setor de bebidas no mundo entre os dias 12 e 18 de outubro. A menos de um mês para o seu início, só crescem as expectativas sobre os palestrantes e temas do Global Bar Week.

Afinal, são muitas as possibilidades de conteúdo qualificado apresentado pelos maiores especialistas do mundo. Tudo isso a um clique de distância. Para matar um pouco da curiosidade, Marco De la Roche, diretor de educação do BCB São Paulo, adiantou os primeiros nomes nacionais, estrangeiros e alguns temas que farão parte deste grande quadro multicultural de conteúdo e negócios.

Conhecimento sempre foi algo fundamental para o desenvolvimento de empresas e carreiras. Porém, esse aprendizado ganhou um valor ainda maior com os desafios impostos pela pandemia.

A comunidade de coquetelaria é engajada neste sentido. Para se ter uma ideia, atualização e aprendizado são os objetivos de 85% dos mixologistas e de 84% dos bartenders que visitam o BCB São Paulo, de acordo com pesquisa na última edição.

Por isso, veja agora os primeiros palestrantes e temas do Global Bar Week. E não deixe de garantir a sua participação neste link, que será confirmada após aprovação prévia.

Palestrantes e temas do Global Bar Week

Marco De la Roche entrega os primeiros nomes nacionais e estrangeiros do Global Bar Week. Da mesma forma, ele confirma que a lista será atualizada de forma constante até o evento.

Em primeiro lugar, está confirmada a conexão dos temas com as principais necessidades da atualidade. Nesta primeira leva, os destilados, claro, têm uma atenção especial:

  • Felipe Jannuzzi, Cofundador na Ethylica, fará uma apresentação sobre “A perspectiva histórica e o atual momento dos destilados brasileiros”;
  • Isadora Fornari, fundadora da RosárioRSR, consultoria especializada em serviço e bebidas, e Maurício Maia, cachacier e colunista do Estado de S.Paulo, e discutirão a “Personalidade destilada do Brasil”.

Além disso:

  • Jessica Sanchez, bartender e consultora de bares e restaurantes, também ajudará a compor um cenário de soluções com a palestra “Coquetelaria 3.0: como aprender em tempos de crise”.;
  • O coletivo Ada Coleman, um grupo de cinco mulheres bartenders que impulsionam iniciativas no segmento, puxa a diversidade e a inclusão com o tema “Quantas mulheres têm no seu drink?”;
  • Tony Harion, diretor da agência Mixing Bar e embaixador de marcas da Bacardi, traz uma linha mais inventiva, fundamental na retomada, com “O design dos drinks: processos criativos aplicados à coquetelaria”;
  • Diogo Sevilio, bartender campeão World Class BR 2017, convida todo mundo para refletir em “#1DrinkaMenos”, campanha sobre beber com moderação e consciência.

Novidades internacionais

Sob gestão de Angus Winchester, diretor de educação do BCB Berlin e BCB Brooklin, a grade internacional se destaca com:

  • Positively Charged Sustainability”, conteúdo parte do ‘estilo saudável’, com Tim Judge;
  • The art of hosting / hospitality as a quintessential core value of corporate culture”, dentro do ‘estilo serviço’ com Reinhard Porhorec.

Marco De la Roche reforça que estes são apenas alguns dos assuntos. Ao mesmo tempo, ele lembra que a essência do BCB não permitiria que o ano chegasse ao fim sem oferecer o que a comunidade mais precisa: conhecimento técnico qualificado para tomar decisões, inovar e se reestruturar.

“Montamos um grande quebra-cabeças global para que o visitante esteja no controle e escolha as peças estratégicas. E isso tanto em assuntos quanto nomes de referência e fornecedores, de acordo com seus direcionamentos de negócio ou carreira”, explica.

“O digital traz possibilidades incríveis neste sentido. É possível acompanhar as palestras internacionais, bem como mostrar ao público de outros países o nosso potencial”, complementa o diretor de educação do BCB São Paulo.

A respeito da grade completa, ele comenta que “os temas têm recortes específicos. Ao mesmo tempo, são plurais, com o objetivo de promover insights aplicáveis a diferentes pontos da cadeia. Portanto, devemos fazer um novo anúncio em alguns dias”, finaliza.

Faça o seu credenciamento para saber mais informações! Ele é gratuito e você garante a sua participação após aprovação prévia.