Aprenda a fazer 4 drinks com pouco álcool e muita personalidade

0
35
drinks-com-pouco-alcool-drinques-coqueteis-bebidas

Um drinque durante a espera pela mesa no restaurante, outro enquanto olha o cardápio e mais um para acompanhar as entradas. Nesse ritmo, quando o prato principal chegar, você já vai estar para lá de Bagdá, certo? Não se fizer escolhas sábias. Drinques com baixo teor alcoólico estão com tudo no hemisfério norte. Há até uma sigla para a categoria: low-abv (alcohol by volume), ou seja, pouco álcool por volume.

Por aqui, os coquetéis mais moderados também ganharam espaço, embora a gente nem se dê conta: o que é, afinal, um Aperol spritz, sucesso há pelo menos uns três verões? “Tem muito cliente que pede um coquetel mais leve”, conta o mixologista Rodolfo Bob, do Axado Bar, em São Paulo. “A onda do gim tônica contribuiu muito para isso”, acredita. Para Bob, a tendência mostra uma nova relação das pessoas com o álcool, mais prazerosa e menos interessada nos efeitos entorpecedores da bebida.

Há ocasiões em que drinques com uma porcentagem menor de álcool são a melhor pedida – em geral, qualquer situação em que você queira passar um bom tempo com um copo na mão sem se arrepender no dia seguinte: um piquenique, um evento de trabalho ou mesmo uma reunião com os amigos sem hora para acabar.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Casa e Jardim com a matéria completa.