Escrito por: Marcelo Sant'Iago

Pelo segundo ano, apresentamos nossa lista dos coquetéis mais populares do Brasil. Dentre as mais de 4.000 receitas, estas foram as mais vistas. Veja quem subiu, quem desceu e quem saiu do Top 20.

Nosso objetivo com essa lista é apresentar quais os coquetéis mais procurados por bartenders e bebedores e, assim, traçar um raio-X da coquetelaria brasileira. Claro, considerando nosso universo de “apenas” 4.500 receitas, que não para de crescer e inclui todos os coquetéis oficiais da International Bartender Association. Essa é nossa forma de ajudar a identificar tendências e colaborar com o crescimento do mercado.

Os números são fornecidos pelo software Google Analytics, instalado em todas as páginas do site.

ANÁLISE 2017 vs 2018

Os coquetéis clássicos seguem dominando esta segunda lista. A grande novidade é uma Batida, um coquetel tipicamente brasileiro, em segundo lugar; além disso, nosso querido Rabo de Galo segue na lista. A Caipirinha ainda está de fora, assim como G&T, que ficou na 21a. posição, empatado com Espresso Martini (que eu esperava ter galgado posições, pois foi o 17o. em 2017).

O gin segue disparado sendo a base mais popular, com 11 receitas. Bourbon, cachaça e vodka aparecem em 2 coquetéis cada. Aperol, uísque escocês e rum estão em uma receita cada.

6 coquetéis saíram da lista (Old Fashioned, Espresso Martini, Breakfast Martini, Brasil 66, White Negroni e Mai Tai ). Fiquei surpreso novamente com ausência do Daiquiri, que ainda é um coquetel muito negligenciado pelos bares.

O Top 10 teve apenas alteração de posições e as saídas do Brasil 66 e Dry Martini 5:1, que deram lugar ao Moscow Mule e ao Ramos Gin Fizz. Mas vamos à lista:

TOP 10

1. Fitzgerald ⇿

O drink criado pelo lendário Dale DeGroff foi o campeão de 2017 e segue imbatível no primeiro lugar, com mais que o dobro de buscas em relação ao segundo colocado. Foi a 5a. página mais vista em todo o site durante 2018. É a foto no alto da página.

2. Batida de Morango sem leite condensado ⇧

Uma grata surpresa ver um coquetel de cachaça sendo tão procurado. Será que vamos ver um revival e as batidas vão voltar às cartas de coquetel? Estava na 10a. colocação em 2017.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Difford’s Guide com a matéria completa.