Motos pra sonhar ou para viver com mais adrenalina? Salão Duas Rodas...

Motos pra sonhar ou para viver com mais adrenalina? Salão Duas Rodas 2017 estimula todos os sentidos do público

Nesta segunda, 13, jornalistas foram os primeiros a conhecer as novidades do evento. De 14 a 19 de novembro, apaixonados por motos vivem experiências exclusivas no universo das duas rodas.

 

Efeitos visuais, vídeos eletrizantes, pilotos famosos e, claro, aqueeeele ronco de motor. Cada montadora escolheu um jeito de mostrar as atrações a todos os presentes no Salão Duas Rodas 2017. A pré estreia do Salão Duas Rodas aconteceu na segunda, 13, com exclusividade para a imprensa. A partir de agora, o espaço abre-se para todo o público. São mais de 4.000 horas de experiências e cerca de 500 veículos pra encantar todos os gostos. O evento acontece no São Paulo Expo e tem diversos modelos de ingresso. A venda é realizada nas bilheterias direto no evento.

Acompanhe os destaques das principais montadoras.

 “Estamos falando de paixão, de sentimento”

Para a BMW do Brasil falar de moto é falar de paixão. É por isso que a marca lançou a campanha #1001desculpas, para entender e conhecer a história de quem dirige uma moto BMW. Frederico Alvarez, diretor da marca no Brasil falou sobre as motos da montadora inspirarem paixão, sonhos, adrenalina.

Durante a apresentação a marca lançou a BMW K1600, além das principais motos espalhadas pelo estande, e falou sobre a nova possibilidade de financiamento de seus veiculos através do consórcio próprio.

Estamos “conectando pessoas”, conta a Ducati

A terceira apresentação do dia falou sobre os dois pilares que são o foco da montadora – manter o DNA e focar em sofisticação, performance e estilo – além de apresentar seus planos de expansão para o Brasil até 2019.

A Ducati lançou dois modelos exclusivos, o Scrambler Custom e o SuperSport S. Com 25 anos no mercado, a marca também aproveitou o momento para acabar com as especulações e definir que não a marca não está à venda.

“Queremos inspirar novos pilotos a experimentar a mesma liberdade de quem já pilota uma Harley-Davidson do Brasil”

A marca, que possui um forte nome no mercado brasileiro, está focada em atender as demandas das próximas gerações. Por isso, sua estratégia global consiste em lançar 100 modelos no prazo de cinco anos alinhando tradição da marca e as novas tecnologias embarcadas.

Com novos modelos turing, como a Road King Special, a Harley Davidson do Brasil propõe uma nova política de revisões com preço fixo, além do fortalecimento das concessionárias.

Triumph: “Motociclistas produzindo motocicletas para motociclistas. ”

A marca se posicionou não só como fabricante de motos, mas também de satisfação, vento no rosto, adrenalina, sorrisos e novos caminhos. Mencionando a recente premiação pela Fenabrave, em agosto deste ano, como a marca mais desejada, Triumph enfatizou a busca constante pela satisfação de seus consumidores através do conforto, atendimento e confiança fazendo com que a experiência obtida recompense a paixão de seus seguidores.

Dentro desse conceito, Triumph apresenta a nova Bonneville T100 Black com estilo atemporal, 900 cilindradas, 213 kgs e novo torque.

 “Combustível comum não é o que nos move, é a emoção inexplicável em cada curva”, revela porta voz da Yamaha

Unindo inovação tecnológica com os laços de relacionamento com os seus clientes, a Yamaha se posiciona para o ano que virá. A montadora compartilhou a premissa de proporcionar experiências excitantes e emocionais chegando ao “kando”, sentimento de profunda satisfação e de intenso entusiasmo com algo de excepcional valor.

Enfatizando esses valores de felicidade, além dos preços, é que a Yamaha apresentou a nova YZ400F. O modelo tem novo chassi de alumínio, partida elétrica, suspensão traseira e grande inovação sendo a primeira moto com ajustes via aplicativo mobile para controle de potência e torque.

Yamaha apresentou também a nova geração da Fazer 250 ABS com farol e lanterna traseira em LED, design agressivo e ABS de série.

Honda: “O objetivo é ampliar a alegria dos clientes. ”

Foi com esse posicionamento que a montadora desenhou seu planejamento para 2018 apresentando produtos que resultem em histórias confortáveis, seguras e cheias de alegria. Mostrando preocupação com o atual cenário do trânsito brasileiro, a Honda destina atenção para a soma da educação mais tecnologia acreditando em um conceito mais harmônico entre os condutores.

Com 77 produtos expostos em seu estande entre eles os lançamentos, a montadora comemora os 20 anos da Biz e revela a versão 2018 com o posicionamento jovem e descolado.

Royal Enfield se posiciona: “Queremos motos acessíveis, icônicas e divertidas”

A recém-chegada ao Brasil, Royal Enfield se apresenta no Salão Duas Rodas com o forte posicionamento de que é possível ter um modelo de média cilindrada que seja impactante e com preço competitivo. A filosofia de impulsionar o puro motociclismo, ou “motopurismo”, traz o envolvimento da marca com a comunidade de apaixonados pelas duas rodas.

Royal Enfield apresenta ao Brasil as versões da Redditch, moto fabricada em 1901 que mantém sua produção contínua até os dias atuais.

“Focamos as pesquisas desse ano no público jovem, numa atitude e estilo diferenciados”

Essa foi a apresentação da Indian! Presente em cinco mercados do com 400 unidades emplacadas esse ano, a marca mudou a estratégia fechando sua fábrica no Brasil e parando momentaneamente o lançamento de um novo modelo, para se adequar ao atual cenário desafiador do mercado.

Lançando a Nova Scout Bobber e trazendo para o país a Dark Horse, queridinha dos EUA, a montadora fechou sua apresentação falando que “está muito orgulhosa dos resultados alcançados esse ano”.

TUDO PRONTO! Você tem até dia 19 para um encontro marcado com as principais motos que fazem seu coração roncar! Venha visitar o Salão Duas Rodas 2017.

Compre agora seu ingresso!

Facebook Comments

Deixar uma resposta