Memórias de Mário Pati, o homem que visitou todas as edições do...

Memórias de Mário Pati, o homem que visitou todas as edições do Salão do Automóvel

A paixão do jornalista Mário Pati pelo automobilismo trouxe impacto na carreira e na vida pessoal. Icônico, é dos principais responsáveis pela criação da Fórmula-1 no Brasil, pela paixão do filho pelas quatro rodas e pela cobertura automotiva para diversos jornais.

Em entrevista exclusiva para o Salão do Automóvel, Pati divide a palavra com seu filho, de mesmo nome, onde relembram as histórias que mais marcaram.

“Antes do Salão ir para o Anhembi, ele ainda era feito no Ibirapuera. Eu lembro muito bem quando colocaram a primeira pista grande de autorama do Brasil e cada um podia levar o seu carrinho. Eu estava lá com o meu, que já era meio ‘mexidinho’ e preparado e ganhei o torneio. Isso ficou muito na minha cabeça! ” diz o filho de Mário Pati que cresceu indo com o pai ao Salão do Automóvel. Ele relembra também de quando o pai o levou para ver a construção do teto do Anhembi e das primeiras edições do evento.

Quando questionamos sobre algo que mais deixou saudade em tantas visitas ao Salão do Automóvel, Mário Glauco Pati diz: “Como fui a todos, é difícil estabelecer alguma coisa que deu mais saudade. A diferença é que foi mudando, as empresas foram mudando seus estandes, aí foi crescendo e o Salão ficou enorme! Difícil dizer o que marcou, porque tudo foi muito inusitado, muito surpreso. Apesar de, como jornalista, já ter a experiência de frequentar as montadoras automotivas, não se sabia exatamente o que elas iam expor. Então era sempre uma novidade”.

Já sobre os pilotos, ele assume: “durante um tempo o meu favorito foi ele (apontando para o filho que correu por alguns anos) e nem podia ser outro. Mas daqueles que se destacaram, o Emerson (Fittipaldi), indiscutivelmente. Além de habilidades de bom piloto, ele teve muita sorte com a equipe, com o engenheiro Ricardo Divila. Então, foi bastante prazeroso o início do Emerson. ” O filho complementa dizendo “a gente torceu muito pelo Emerson, passando de categoria por categoria até chegar a campeão do mundo da Fórmula-1.”

E o carro continua sendo paixão nacional? Para Mário, “quem gosta do sentimento do momento, não acaba nunca” e revela que já são 74 anos de muuuita direção! Sempre teve preferências por sedan quatro portas, mas confessa: “tinha um Citröen que gostava tanto que trocava por outro do mesmo ano, só mudava a cor”. Ele relembra também de quando chegou a tração dianteira e como era tecnológica para a época.

Ao longo dos anos, Mário estreitou o relacionamento com as montadoras sendo piloto de testes e convidado para eventos internacionais de lançamento, chegando a levar a esposa, privilégio cedido apenas aos mais requisitados jornalistas. O filho enfatiza as fotos das viagens dos pais para Espanha, Amsterdã e Grand Canyon; todas como convidado vip das montadoras para que pudessem testar seus carros.

Durante a entrevista, o neto Bruno Pati, que também estava presente, compartilha uma observação que ressalta à essa credibilidade: “Eu nunca sabia qual era o carro que ele tinha. Praticamente toda a semana a gente ia na casa dele e ele estava com um carro novo. Não dava pra acompanhar com qual carro ele estava”.

Não é a primeira vez que valorizamos a relação de Mário Pati com o Salão do Automóvel. Em 2008, nós da Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do Salão, prestamos uma homenagem para ele, presenteando-o com uma placa honrosa durante um evento. Ele nos conta que esse momento foi muito importante em sua vida, e que deixa esse presente ilustrando a parede do escritório.

Mário Glauco Pati, Mário Pati e Bruno Pati terminam a entrevista conosco de forma nostálgica ao relembrar tantos momentos importantes que escreveram durante a vida. Nós do Salão do Automóvel ficamos lisonjeados de ouvir memórias familiares que tanto se misturam com o evento. Mais uma prova que mexemos com os sonhos das pessoas que se tornarão lembranças marcadas para diversas gerações. ❤

Conteúdo proprietário: Reed Exhibitions Alcantara Machado
Criação: Danielle Cirilo & Yvana Vaér

Facebook Comments