A hora e a vez das mulheres na construção civil!

A hora e a vez das mulheres na construção civil!

Você sabia que 7% de todos os executivos da construção são mulheres e apenas 3% das empresas Fortune 500 do setor tem uma executiva?

Na época do movimento Lean In, o público feminino está cada vez mais encontrando sua voz e usando-a. Na política, na sala de aula e até mesmo em campo, a participação e liderança das mulheres estão quebrando recordes.

No entanto, este não é o caso nas sala de reuniões, especialmente na C-Suite,  conjunto de executivos high-level de uma corporação. O The Russell 3000, indexador do mercado americano, aponta que apenas 9% dos cargos executivos foram preenchidos por mulheres. E a indústria da construção civil reflete esta baixa participação, ficando no mesmo patamar quando o assunto são mulheres em alta posição de comando.

7% de todos os executivos da construção são mulheres e apenas 3% das empresas Fortune 500 do setor tem uma executiva. A maioria está em funções de escritório (cerca de 45%) e vendas. O The Russell 3000 encontrou ainda dados sobre mulheres que estão na C-Suite, com cargos geralmente preenchidos em setores de RH e administrativos. Um número mínimo responde como CEO e COO.

EMBORA POUCAS, ELAS SÃO FEROZES

Apesar dos números pequenos, mulheres executivas na construção estão pavimentando o caminho para que outras possam ter acesso a liderança. Em 1984, 11 mulheres criaram a Mulheres Proprietárias e Executivas da Construção, organização de apoio e desenvolvimento profissional. Sua finalidade é promover mulheres na liderança, ajudar em cargos executivos e encorajar a entrar para o ramo. A Associação Nacional das Mulheres na Construção e Mulheres em Operações de Construção também são recursos e redes com milhares de membros. Executivas na construção compreendem o poder da educação e vêm investindo em programas como bolsas de estudo, treinamento e programas educacionais que ajudam a abordar as lacunas do gênero e encorajar as mulheres a entrar no mercado.

PRECISA-SE DE CAMPEÃS

Existem várias maneiras de criar mais promoção para o C-Suite feminino e apoio às mulheres, e um dos métodos mais amplamente sugeridos é a orientação. Quando são mentoras umas das outras, fornecem um suporte profissional, pessoal e emocional inestimável. Mais que isso, agem como tutoras. E empresas de construção mundo afora, por meio de programas de estágio e diversidade, estão começando a entender isso. Outras formas de aumentar a participação feminina em cargos de alto escalão incluem programas de treinamento, recrutamento intencional de mulheres, programas de retenção e avanço, programas de liderança dedicada, rede de oportunidades e apoio a diversidade, equidade e inclusão.

EMPODERAMENTO

Uma recente pesquisa da USC – Universidade da Califórnia revelou traços da liderança feminina, como sendo mais colaborativa, integral e transparente que dos homens. Além disso, as mulheres provaram ser melhores negociadores quando o assunto é barganhar e vencer concorrências. As mulheres começam a ocupar mais lugares nas mesas de reuniões executivas e isso está impulsionando uma fervorosa mudança de mentalidade. Na construção, elas começam a fazer a diferença e não somente por seu sucesso, mas por estar mostrando que empresas e serviços estão mais forte com elas no comando.

Assine nossa newsletter e receba os principais conteúdos voltados para as inovações e tendências do mercado da construção.

Assine agora!

Facebook Comments