Você sabe quais são os 7 pecados na construção?

Você sabe quais são os 7 pecados na construção?

Nós reunimos os pecados e a melhor maneira de evita-los

Garantia de qualidade é essencial em construção e as consequências de obras mal feitas podem ser prejudiciais. Problemas relacionados a isso se enquadram em dois tipos – latente (longo prazo) e patente (curto prazo) – e podem ser evitados por meio da aplicação de princípios de ciência e compromisso para corrigi-los antes da conclusão.

  1. COMPONENTES ESTRUTURAIS

Algumas equipes de construção podem fazer cortes de custos, como substituição de hardware de conexão por produtos não testados, certificados ou aprovados por agências regulamentadoras. Componentes indevidamente construídos podem aumentar a probabilidade de danos e problemas de qualidade podem acontecer quando as montagens são realizadas aleatoriamente devido a deficiências de materiais, questões trabalhistas ou cronogramas de construção apertados. Felizmente, a maioria dos projetos é feito por arquitetos experientes e engenheiros estruturais, que seguem de perto os padrões profissionais de prática e códigos de construção.

  1. INADEQUAÇÃO NA CONCEPÇÃO

Vazamento de água de qualquer fonte, por exemplo, pode resultar em crescimento de mofo e condições de vida insalubres, danos em drywall e estruturais interiores. A falta de compreensão sobre a física do movimento de umidade através de coberturas e paredes pode levar a resultados destrutivos. Para evitar estes problemas e falhas prematuras do edifício, os construtores estão projetando quatro camadas protetoras sendo relacionadas a volume de água, escape de ar, movimento de vapor e desempenho térmico.

  1. JANELAS E PORTAS

Os defeitos nas janelas e portas são frequentemente os primeiros a ser observados e a forma inadequada de instalação incluí membranas intermitentes impropriamente postas, chapa metálica danificada (rachaduras na linha fina em juntas soldadas) e imperfeições em batentes e peitoris.

  1. EXTERIOR CONSTRUÍDO

Tijolo, rocha, alumínio, madeira, fibrocimento, vinil, estuques e EIFS são sistemas de revestimento exterior típicos e que protegem a estrutura do edifício e proporcionam apelo estético. Mas, incorretamente instalados, podem conduzir a problemas significativos de intrusão da água. Sem as quatro camadas de controle identificadas acima, o crescimento e a deterioração pelo mofo podem acontecer muito rapidamente. Além disso, selantes quimicamente incompatíveis e membranas defeituosas em transições ao longo da construção, janelas e portas podem causar problemas igualmente catastróficos.

  1. MECÂNICA, INSTALAÇÕES, PROJETOS ELÉTRICOS E ISOLAMENTO

Projetos e instalações mecânicas, elétricas e de canalização (MEP) são um pouco menos propensos a deficiências se instalados por profissionais treinados, testados e licenciados. Não obstante, defeitos na fiação elétrica e encanamento estão escondidos atrás das paredes e tetos, tornando-os difíceis de encontrar e corrigir. Já quando o assunto é o isolamento, cada vez mais profissionais e empresas estão aprendendo sobre os fundamentos termodinâmicos de sistemas e se tornando melhor treinados no processo de instalação.

  1. FUNDAÇÕES DE CONCRETO

A integridade estrutural de um edifício pode ser comprometida a partir da corrosão de hardware de reforço em concreto, como vergalhões, cabos de tensão e cintas de aço conectivo. Isto decorre pela mistura indevida – por exemplo, demasiada água na mistura com o concreto -, resultando em um material final altamente poroso. A maioria dos construtores hoje estão especificando o concreto resistente a sulfato.

  1. VARANDAS CONCEBIDAS, CONSTRUÍDAS E MANTIDAS DE FORMA ERRADA

A segurança é uma preocupação crítica no projeto e construção de  varandas. Detalhes devem incluir uma seqüência de instalação passo a passo para conjuntos intermitentes complexos, como suportes estruturais, integração adequada de membranas de impermeabilização, bem como telhado e intersecções de parede. Uma varanda construída com inclinações inversas e que concentra a água na plataforma em relação a parede, por exemplo, é o tipo de descuido que pode resultar em apodrecimento da estrutura levando a falhas catastróficas.

Assine nossa newsletter e continue acompanhando as principais notícias do mercado!

Facebook Comments