Reimaginando o varejo e entendo como a construção pode se beneficiar na...

Reimaginando o varejo e entendo como a construção pode se beneficiar na era on-line!

A era da informação e da conectividade é também a da velocidade e praticidade – e tudo isso pode afetar positivamente sua empresa!

A construção pode e deve tirar vantagem da era de on-line. Essa é a grande verdade da história. E se dentro do setor tem quem se beneficie dessa nova realidade em sua totalidade, é o caso do varejo. Enquanto a mídia mundial desenha um Armagedom da indústria, a verdade é que o segmento está se adaptando à dinâmica de mudança e as vendas on-line crescem em velocidade assustadora, ante o declínio das vendas físicas.

Cerca de um quinto de todas as vendas no exterior agora são on-line e com os consumidores se tornando cada vez mais esclarecidos, ajudados pela tecnologia, os varejistas estão tendo que reinventar-se. A loja física continua a ser importante, mas muitas estão se tornando quase meros showrooms, com consumidores o tempo inteiro vagando pelos corredores com celulares em punho, pesquisando preços na internet.

Em solo nacional o colapso das lojas de rua está muito longe de acontecer, mesmo que os gastos on-line resultem em condições de negociação mais difíceis para os varejistas na hora da compra cara a cara. Nossa realidade, apesar de um ligeiro aumento no número de projetos de remodelação de varejo, ainda não comporta uma reviravolta completa. Ela começou e continua caminhando muito timidamente, mas é hora de pensar seriamente sobre isso.

Em 2018, o Brasil passou a ocupar a 4ª posição mundial em número de pessoas conectadas e o consumidor brasileiro é ávido por compras on-line. É preciso se adequar para sobreviver a um ambiente cada vez mais brutal, oferecer multicanais de compra, mesmo converter o consumidor real a virtual da sua marca. Que tal oferecer pequenos add-ons para impulsionar a receita? Mais que isso. É preciso reimaginar a parte estrutural das empresas e lançar um olhar para o espaço de armazenagem e logística, além da dinâmica de entregas e centros de distribuição. A era da informação e da conectividade é também a da velocidade e praticidade.

É preciso antecipar-se a polarização das lojas físicas que pode vir a acontecer e ter a mentalidade certa para converter isso em algo bom. O varejo sempre foi um mercado desafiador da perspectiva da construção, apenas a natureza e o tipo de projeto e negócios é que está mudando.

Com todas as mudanças que já aconteceram no setor e adaptações, atualizar-se é dar uma certeira cartada para um futuro promissor. Da inventividade a resiliência, a on-line está para agregar e não prejudicar. Aproveitem.

Assine nossa newsletter e receba os principais conteúdos voltados para as inovações e tendências do mercado da construção civil.

Assine agora!

Facebook Comments