Falando sobre as construções sustentáveis

Falando sobre as construções sustentáveis

A popularidade de construções e produtos sustentáveis, aliada ao seu exponencial crescimento, vem tornando-as ainda mais sofisticadas e nem de longe antigas alegações com viés somente na economia de energia são suficientes para considerar um edifício, produto ou outro empreendimento que seja credivelmente verde.

Hoje, questões como processo de fabricação, transporte utilizado, reciclagem e muito mais está envolvido nas considerações. Há também o compromisso em como é realizado todo o espectro sustentável disso tudo no dia-a-dia empresarial. Isto não atinge, no entanto, quem já adotou a prática como parte fundamental do seu negócio e sim quem ainda não está totalmente empenhado ou em conformidade para atestar que possui um produto verde.

Confira algumas maneiras para o segmento de materiais de construção avançar no assunto.

 

Materiais não-tóxicos

Nos últimos 20 anos, métodos de fabricação tradicionais para materiais de construção foram avaliados e modificados pelo seu impacto negativo sobre o meio ambiente. Materiais que costumavam conter produtos químicos nocivos foram retirados das prateleiras e substituídos por versões verdes. A eventual consequência da transição pode ser vista, por exemplo, no drywall e tintas resistentes a mofo. Um estudo realizado pela editora norte americana McGraw-Hill, que publica obras científicas e técnicas, revelou que 73% dos construtores unifamiliares e 68% dos construtores multifamiliares relataram que os compradores estão dispostos a pagar mais por casas verdes. Os desafios do clima global estão mantendo altas as questões ambientais no radar do consumidor. Modificar seus produtos e suprimentos para responder a esta realidade demonstra que você está em consonância com suas preocupações.

 

O produto como um todo

Os consumidores de hoje não estão apenas interessados em como acessar e usar produtos e insumos verdes, querem saber também de onde vieram, como são feitos e para onde vão após o uso. Se você ainda não desenvolveu a história sobre seus produtos, precisa começar já. Disponibilizar facilmente essas informações em seu site permite que os clientes possam usá-lo como parte de suas decisões de produto.

De acordo com a EPA – Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, uma descrição completa de um produto eco-friendly pode incluir qualquer ou todas as seguintes informações:

– Consumo de energia: produtos que são eficientes em termos energéticos, muitas vezes vêm com essas informações prontamente disponíveis. Já os que são fabricados através de energia eficiente para sistemas não são sempre tão óbvios, mas apontar isto aumenta o seu valor.

– Consumo de água e gestão: materiais de construção muitas vezes são diretamente afetados pela água, seja na maneira como são produzidos e usados ou como impactam os sistemas de água de sua localização final. Informações sobre gestão responsável deste recurso muitas vezes agregam valor.

– Resíduos: alguns produtos são fabricados intencionalmente para reduzir os resíduos, incorporando materiais reciclados ou biodegradáveis, sendo frequentemente identificados em seus invólucros e caixas como tal. Porém, reduzir ou mesmo eliminar a quantidade de embalagens também é uma consideração importante.

 

Mais estruturas eficientes em energia

É quase via de regra agora a indústria da construção elaborar edifícios projetados com eficiência de energia em mente. Casas de energia líquida zero já usam fontes alternativas como sistemas PV solar para reduzir o consumo fornecido, diminuindo até mesmo a necessidade de aquecimento auxiliar e sistemas de refrigeração por meio da construção em estrutura de materiais e sistemas que repelem o calor no verão e frio no inverno. Janelas e portas são projetadas para fornecer barreiras eficazes para alterações climáticas durante todo o ano. Uma vez que é mais fácil novas construções com estes materiais inovadores do que adaptar os edifícios mais antigos, é seguro assumir que a “nova” construção civil continuará a procurar esses produtos no futuro.

 

Educação verde é importante

Arquitetos, construtores e contratantes querem saber como projetar e construir estruturas mais verdes. Há um monte de informações conflitantes por aí e os especialistas do setor frequentemente tornam difícil o entendimento do todo pela pessoa comum que quer enveredar por esse caminho. Fabricantes de materiais de construção que estão empenhados nessa jornada ajudam a educar seus clientes, tornando mais fácil tomar melhores decisões.  Eles não simplesmente promovem sua marca, mas explicam de maneira descomplicada o problema e como seu produto pode resolvê-lo.

 

Ignore o verde por sua conta e risco

A maioria dos clientes pode não questionar sobre o engajamento sustentável de uma empresa, negócio ou segmento. Porém, distanciar-se ou mesmo ignorar a onda verde pode limitar e mesmo prejudicar sua ascensão. Discuta oportunidades, informe-se, tenha estratégias de produtos e projetos sustentáveis. Torne-se mais verde e colha os frutos dessa decisão.

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação

Facebook Comments