Como irritar empreiteiros, construtores e arquitetos

Como irritar empreiteiros, construtores e arquitetos

Decisões erradas, investimentos em frentes que não dão retorno, falta de acompanhamento da obra, descaracterização de um projeto. Muitas vezes, além de irritar, certas atitudes simplesmente não fazem sentido e, quando acontecem, diversos profissionais tomam isso como um insulto e se perguntam o quão sem importância sua posição parece ser.

Por que isso acontece?

  • o maior motivo é a falta de objetivos mensuráveis. Não basta simplesmente ter um showroom de ponta, expositores suntuosos e um host que sabe das coisas. É preciso criar uma cumplicidade entre marca, empreiteiro, construtor, arquiteto e outros envolvidos, para assim garantir um trabalho unificado e que dê segurança ao cliente final.
  • outra preocupação é a desconexão entre o marketing e vendas, que muitas vezes estão trabalhando em finalidades diferentes. Para se ter uma presença solidificada entre profissionais é inerente envolver as vendas durante a fase de planejamento de marketing.
  • procure para sua empreitada um pensador, não apenas um autor. Não é que essas pessoas não sejam parte valiosa nos processos, porém, o foco delas é criar projetos para, por exemplo, exposições e feiras, não pensar estrategicamente no todo.

Tem como corrigir?

  • sim e de maneira mais descomplicada que parece. Para isso, um passo importante é definir o que se quer das partes no antes, durante e pós job.
  • profissionais em posição de liderança precisam estar envolvidos para certificar-se de que os objetivos estão definidos, todos os envolvidos estão de acordo e sendo ouvidos conforme suas necessidades, aspirações e percepções.
  • ter uma equipe de campo treinada para interagir e gerenciar crises com os profissionais.
  • todo e qualquer profissional deve ser tratado como um recurso valioso. É preciso resolver diferenças e supervisionar continuamente como andam os ânimos e ter uma pessoa capacitada para entender as reais necessidades antes que se transformem em caos, prejudicando o projeto.

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação

Facebook Comments