Engenharia de valor na construção

Engenharia de valor na construção

Em construções comerciais o termo “engenharia de valor” é apenas uma maneira elegante de dizer “corte de custos”. Mas não importa como você chama, pode significar perder uma venda. Arquitetos, engenheiros e empreiteiros estão todos procurando maneiras de reduzir gastos. Se você não for cuidadoso, pode se tornar o corte que será feito na versão final de um projeto. Vamos ver por que isso acontece e três coisas que você pode fazer para garantir a venda.

Por que você está perdendo vendas para a engenharia de valor

Como empresa de material de construção, você pode investir muito tempo e esforço para ser especificado por um arquiteto, por exemplo. Pode levar meses antes que isso aconteça e ainda ter que esperar anos antes que uma compra realmente significante seja efetivada. O problema? Você pode perder a venda a qualquer momento durante esse tempo. E ficar ainda mais vulnerável a ser tirado de um projeto quando as estimativas iniciais caem por água abaixo, já que essa primeira fase é quase sempre significativamente acima do orçamento e todos os envolvidos vão começar procurando maneiras de reduzir os custos.

Proprietários

O proprietário pode decidir abrir mão de algo que ele realmente queria, seja uma característica única pensada para seu empreendimento ou na redução do tamanho dela.

Arquitetos

O arquiteto começa a pensar sobre quais elementos de uma obra são mais importantes para eles. Estes tendem a ser características que são esteticamente mais interessantes em vez de baseados em desempenho. Em outras palavras, são os benefícios que você vê, não os que usa. Na opinião de alguns arquitetos, estes produtos estéticos fazem o edifício único e algo para se orgulhar. Eles vão querer conservá-los e irão procurar por outros produtos que podem ser substituídos por alternativas de menor custo.

Prestadores de serviços

Os responsáveis pelo andamento do projeto, pela dança orçamentária e outros diversos aspectos que nada tem de comum com estética ou de desempenho – o que é normalmente mais importante para o proprietário. Alguns têm grandes incentivos financeiro para substituir o seu produto por uma alternativa de menor custo, sendo capazes de usar um mais barato, mas obedecendo ainda o que foi citado na base inicial.

Concorrentes

Resumidamente é como jogar no ataque e defesa ao mesmo tempo. É colocar toda uma projeção de investimento para se obter a especificação necessária e almejada, para depois ir derrubando o que não se pode ter. É um verdadeiro troca-troca, que tem como problema a maioria das pessoas não ser boas em fazê-lo.

Como não perder uma venda para a engenharia de valor

Parece que todos os envolvidos no projeto da obra – e mesmo os concorrentes esperando nos bastidores – estão à procura de maneiras de cortar custos. Com toda essa adversidade, você não pode apenas obter a especificação e então ficar esperando que os clientes façam o pedido. Para manter a venda, você precisa ser proativo.

É necessário prestar atenção a todo instante e continuar monitorando o progresso de um projeto ou você estará em risco de perdê-lo. Não seja um alvo fácil, se retraindo ou apresentando mínima resistência ante o corte de custos de contratantes e arquitetos. Mostre o custo da mudança, que vai muito além de apenas economia, podendo até mesmo desagradar o proprietário, correr o risco de empregar um produto de qualidade duvidosa e até mesmo encontra resistência de partes cruciais envolvidas e insatisfeitas com a postura.

No final, o valor de corte de custos ou de engenharia não vai desaparecer. Mas nem todo mundo usa a mesma estratégia para manter custos baixos. Alguns contratantes podem ser espertos e optar por economizar dinheiro reduzindo o desperdício e ineficiência em vez de apenas encontrar o produto com o menor custo. Mas sempre haverá alguns que querem somente isso. Eles são geralmente fáceis de identificar. Apenas preste atenção para as coisas que importam e pare de desperdiçar seu tempo com esses prestadores de serviços. Concentre-se nos que levem a uma abordagem mais sofisticada para a engenharia de valor.

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação

Facebook Comments