Como iniciar um negócio de varejo

Como iniciar um negócio de varejo

A indústria de varejo é uma das que mais cresce em todo mundo e a cada dia novos empreendedores enveredam por esse caminho, que só nos Estados Unidos conta com mais de 24 milhões de pessoas apostando no setor.

Fornecendo bens e serviços que todos precisamos – seja na construção, mão de obra, equipamentos, comida, autopeças, vestuário, mobiliário home, eletrodomésticos e eletrônicos, entre outros -, na América do Norte essa indústria figura como um dos maiores empregadores do país, com oportunidades de excelentes negócios e um sem número de novas empresas lançadas a cada ano. Os empresários por trás desses empreendimentos arriscam o seu capital, investem seu tempo e ganham a vida entregando aos consumidores algo que precisam ou querem.

A forma mais simplista de definir a cadeia de varejo é como sendo a compra de uma mercadoria ou serviço de um fabricante, atacadista, agente, importador ou outro varejista, para a venda aos consumidores. O preço cobrado cobre as despesas e inclui o lucro. Anualmente, essa equação fácil à primeira vista, representa cerca de 38% do produto interno bruto americano, algo que extrapola os que US$ 3 trilhões.

 

Tipos de varejistas

Para dar uma visão geral desse competitivo mercado competitivo e como pode ser a atuação no mesmo, é preciso olhar em várias faces e configurações de venda ao consumidor. Tenha em mente que se pode começar com um conceito simples e caminhar rumo ao crescimento firmando sua popularidade. Entre as modalidades existentes estão a loja de varejo, o varejo de especialidade, o varejo non-store (que engloba, entre outros, internet, venda direta e máquinas de venda e autosserviço) e venda por catálogos.

É o varejo uma decisão acertada para você?

Vários fatores devem ser considerados para responder essa pergunta. Personalidade, motivações, seus pontos fortes e pontos fracos, capital e experiência devem estar no topo da lista de verificação. Para evitar percalços e fazer uma decisão acertada e que acarretará em uma boa carreira é preciso autoavaliação e pesquisa de mercado. Inicie examinando suas habilidades e identificando quais os tipos de produtos ou serviços você pode oferecer. Você é bom em multitarefas? Qual é a sua tolerância ao risco? Você conta com um salário? Que habilidades mais gosta de usar? Quais áreas de atuação já teve contato, tem interesse ou identificasse? Amarrando suas habilidades às necessidades e desejos do mercado, você aumenta significativamente a probabilidade de que seu novo negócio seja bem-sucedido.

Como começar seu negócio

Abrir um negócio exige dedicação, determinação, entusiasmo, flexibilidade e perseverança. Os consumidores têm hoje uma tremenda sensação de bem-estar e mesmo com um mercado incerto, comprar no varejo continua tendo sua fatia garantida na economia. Comprar uma empresa já existente, lançar uma nova marca, juntar-se a oportunidades de negócio, sistema de marketing em rede ou optar pelo franchise. Vários são os caminhos que se pode seguir. Deve-se ainda saber o local adequado para o seu negócio, o número de pessoas que o faça funcionar corretamente, como iniciar e garantir o processo de contratação, estabelecer o inventário, o layout de sua loja, filosofia de preço e até mesmo quais associações comerciais são de interesse. Indo além, pode-se ainda usar a internet como uma boa base de pesquisas, além de contar com livros e guias especializados no assunto.

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação

Facebook Comments