Construção civil no Brasil adota a tecnologia blockchain para reduzir custos

Construção civil no Brasil adota a tecnologia blockchain para reduzir custos

A área de construção civil no Brasil não vive seus melhores momentos em termos de credibilidade, afinal, as grandes construtoras nacionais sofrem por escândalos de corrupção e lavagem de dinheiro e não somente no Brasil, como em diversos outros países em que atuaram. Entretanto, iniciativas da indústria 4.0 podem trazer inovações para o setor e ajudar a virar esta página.

Como mostrou o Criptomoedas Fácil, propostas como o “BNDES Token”, uma proposta do em parceria com o governo do estado do Espírito Santo, pretendem trazer mais transparência e rastreabilidade às obras públicas financiadas pelo banco através de uma aplicação na blockchain do Ethereum.

O governo do estado de São Paulo também tem uma parceria para utilizar contratos inteligentes (também na rede do Ethereum) para financiar projetos de iluminação pública aos municípios do estado. A proposta faz parte do projeto “Ilumina SP”, lançado em maio do ano passado, e prevê a criação de PPP (Parceria Público Privada) na área de iluminação pública (que é de responsabilidade dos municípios) com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço, reduzir custos de manutenção e o consumo de energia, além de gerar emprego, renda e aumento da receita dos municípios.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Obra24horas com a matéria completa.

Facebook Comments