Revista CAU/SP ganha reformulação editorial e novo layout

Revista CAU/SP ganha reformulação editorial e novo layout

Por Mônica Barbosa

Costumo enfatizar para quem é da nossa área que é fundamental se manter informado e o quanto a internet é um ótimo lugar para realizar essa tarefa. E mais uma boa dica é a revista institucional “Móbile” Departamento de São Paulo do Conselho de Arquitetos do Brasil (CAU/SP), que aparece tanto na versão impressa quanto online.

Exibindo um novo e mais apetitoso layout, a revista voltou a ser distribuída de modo bimestral pelos Correios para todos os arquitetos e os urbanistas registrados no Conselho. Dá para conferir ela inteirinha aqui. Depois de passar por uma reformulação editorial cuidadosa, a publicação promete abordar temas contemporâneos e interessantes para o setor depois de sua produção ficar parada por quase dois anos.

A terceira edição, dos meses de julho e agosto, por exemplo, destaca a história da produção residencial de um dos maiores arquitetos brasileiros: Vilanova Artigas. Ainda estão presentes informações importantes sobre os Grupos de Trabalho temáticos do Conselho. Entrevistas como a da arquiteta, urbanista e doutora Anne Marie Summer e o crítico de arquitetura Fernando Serapião, que opinam sobre a derrubada ou a urbanização do Minhocão, na capital paulista, mostram a iniciativa do Conselho em informar e proporcionar reflexão sobre o mercado. O mesmo acontece com os artigos ali presentes que envolvem meio ambiente, sustentabilidade e arquitetura de interiores.

Sobre o lançamento, Gilberto Belleza, presidente do CAU/SP, diz que, com a revista Móbile, eles esperam “ficar mais próximos de todos os profissionais, cumprindo com as responsabilidades que foram delegadas e levando, com transparência, as informações necessárias ao melhor exercício da arquitetura e urbanismo”.

Já a quarta e mais recente edição, de outubro, traz uma matéria de capa especial que aborda o patrimônio histórico como uma questão de cidadania. Nessa mesma linha editorial, há uma discussão intitulada “Restauro, retrofit ou rearquitetura” sobre como os valores de sustentabilidade são intrínsecos ao reaproveitamento de edifícios. E a entrevista com o arquiteto, urbanista e historiador Nestor Goulart Reis Filho trata da evolução e as perspectivas da profissão. “Não somos uma profissão de ricos, mas temos o privilégio de conviver com a beleza”, explica Goulart na publicação. E vem mais por aí! Aguardem.

MÔNICA BARBOSA é reconhecida como a voz do design no Brasil. Idealizadora e diretora do LIVING DESIGN, a profissional multimídia estreou o primeiro programa de design no rádio no Brasil. Assina a coluna Design na revista semanal Caras e está presente no CarasBlogs, no Anuário de Decoração Caras e na revista mensal Minha Casa . Profunda conhecedora do comportamento estético, do estilo de vida e do morar contemporâneo, a publicitária se especializou em arquitetura e design ao desenvolver projetos de branding para grandes marcas do setor. A partir de 2016, é também parceira da Feicon Batimat, maior feira da construção civil da América Latina.

Facebook Comments