Até alguns anos atrás, morar no interior era sinônimo de segurança. Andar na rua, sair para jantar e passear no parque eram atividades cotidianas, simples e que a população fazia sem grandes preocupações. 

A realidade já não é mais esta. Dados divulgados no  Atlas da Violência 2019, estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, apontou que as taxas de homicídios estão caindo nas capitais dos estados e se voltando para o interior.

Enquanto os números refletem um sentimento de insegurança geral do país, há de se destacar um mercado que surge como forma de combate e oportunidade para quem busca uma recolocação econômica ou qualificação profissional. 

O setor de segurança privada, uma área já muito conhecida pelas grandes metrópoles, emprega 700 mil trabalhadores formais no Brasil, segundo dados da empresa de consultoria alemã, Statista. Seu faturamento foi de 50 bilhões de reais em 2018 e para este ano se espera um crescimento de 16%.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Terra com a matéria completa.

Facebook Comments