Foto: GETTY Imagens

Milhares de pessoas em todo o mundo estão usando senhas muito fáceis de adivinhar.

É o que indica um estudo feito pelo Centro Nacional de Segurança Cibernética do Reino Unido (NCSC, na sigla em inglês), que identificou a sequência 123456 como a senha mais comum de contas violadas. A análise levou em conta as 100 mil senhas mais comuns que foram acessadas por terceiros em ataques globais.

O estudo ajudou a descobrir as lacunas no conhecimento cibernético que podem deixar usuários em risco.

O NCSC recomenda que as pessoas escrevam três palavras aleatórias, mas que sejam fáceis de memorizar, para usá-las juntas como uma senha única e forte.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite BBC.

Facebook Comments