A necessidade de proteção efetiva de dados pessoais

A necessidade de proteção efetiva de dados pessoais

As aplicações construídas hoje já devem prever segurança e proteção para os dados daqueles que as utilizam. Segundo o Gartner, 2,2 milhões de terabytes de novos dados são criados todos os dias, mas ainda existem aqueles que foram coletados durante tantos anos, muitos deles pessoais e de acessos, e, ao que tudo indica, continuarão sem a devida proteção. São dados que nos identificam e, portanto, não são alterados.

Ou seja, quem os tiver coletado antes do vigor da lei 13.709, poderá usá-los da forma que bem entender. O que exatamente isto significa para nós que já criamos contas em tantos sites e redes sociais que nem sequer existem mais? Para onde irão estes dados? Que responsabilidades estas falidas instituições terão com a exposição dos dados a que tiveram acesso? Basicamente nenhum.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Canal Tech com a matéria completa.

Facebook Comments