Seu rosto, sua chave – Reconhecimento facial no controle de acesso

Seu rosto, sua chave – Reconhecimento facial no controle de acesso

Tecnologias biométricas de validação sempre causam admiração e “dão um ar” tecnológico e inovador a qualquer ambiente, e não é para menos, na era dos smartphones que desbloqueiam de forma segura apenas “olhando para você”, portar um crachá de identificação parece um tanto quanto antiquado.

A bola da vez é o reconhecimento facial, que possibilita a identificação de pessoas à distância, sem a necessidade de pressionar, ou apresentar qualquer credencial de identificação, mas esta tecnologia é realmente confiável? Quais os benefícios e riscos de utilizá-la em ambientes corporativos? Abaixo apresentamos uma visão geral e uma opinião fundamentada sobre o assunto, confira:

Biometria e seu uso em aplicações de acesso e segurança

Da mesma forma que chamamos lâminas de barbear de “Gillette”, sempre que ouvimos o termo “biometria”, pensamos imediatamente na leitura das impressões digitais, afinal, estamos acostumados a cadastrar nossos dedos desde o surgimento das carteiras de identidade. Mas a palavra biometria em seu significado amplo, significa “o estudo das medidas de estruturas e órgãos de seres vivos”.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Revista Digital Security com a matéria completa.

Facebook Comments