Energia eólica já representa 8% da matriz energética brasileira

Energia eólica já representa 8% da matriz energética brasileira

Levantamento recente da GWEC (sigla inglês para Conselho Global de Energia Eólica) detalhou os dados da produção de energia eólica nas Américas do Sul, Norte e Central.

No ano passado, os 3 subcontinentes, juntos, totalizaram 25% da capacidade global do setor, com 135 GW (o que equivale a 135 bilhões de Watts). Lideram a lista Brasil, Estados Unidos e México.

O continente instalou 11,9 GW ano passado e registrou 1 aumento de 12% na produção em relação a 2017. A expectativa é que até 2023 mais 60 GW sejam adicionados.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Poder 360 com a matéria completa.

Facebook Comments