Energia solar cresce 169% em três cidades do interior paulista

Energia solar cresce 169% em três cidades do interior paulista

Foto: Sebastian Ganso | Pixabay

Segundo dados estatísticos, a energia solar está em alta. O crescimento é nítido em três cidades do interior paulista, sendo elas Piracicaba (SP), que registrou um aumento de 169,5% entre os anos de 2017 e 2018, Limeira (SP) e Santa Bárbara d’Oeste (SP).  Diversas empresas e residências destas regiões passaram a utilizar a energia solar como fonte energética. As unidades consumidoras saltaram de 115 para 310.

Falando especificamente sobre cada uma das regiões, Limeira teve um crescimento de 253%, de acordo com dados da concessionária de energia elétrica Elektro. Até dezembro de 2017, existiam 49 unidades consumidoras de energia solar. Em 2018, a quantidade saltou para 173. Já Santa Bárbara d’Oeste chegou a 48 novos clientes; em 2017, eram apenas 21 unidades consumidoras, assim, o aumento foi de 128,6%, segundo a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL).

Em Piracicaba, a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) registrou um aumento de 97,7%. Eram apenas 45 unidades consumidoras, agora são 89 consumidores do sistema de energia solar. A energia solar tornou-se a solução para muitos moradores de Piracicaba, pois é uma forma de economizar recursos financeiros com energia elétrica.

Segundo especialistas do setor, o uso da energia solar em Piracicaba oferece outras vantagens além da economia, como a valorização do imóvel, elevando o valor de venda ou locação. Sustentabilidade é outra questão relevante e importante; a energia solar, em Piracicaba, é renovável e não poluente, dessa forma, não prejudica o meio ambiente. Além disso, o custo benefício de instalação é vantajoso, pois os sistemas possuem uma longa vida útil e poucas manutenções.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Revista Exame com a matéria completa.

Facebook Comments