Tecnologias cognitivas: insights para o negócio e preparação para o futuro

Tecnologias cognitivas: insights para o negócio e preparação para o futuro

Um dos principais desafios para as empresas nos próximos anos será transformar dados em informações úteis. Ainda mais com um volume que só tende a crescer, a exemplo dos dados levantados pela EMC. Segundo a consultoria, o volume de dados digitais no mundo passou de 166 Exabytes, em 2006, para mais de 20 mil Exabytes em 2017. E em 2020, a alta deve surpreender ainda mais: 40 mil Exabytes, o que significa cerca de 5.000 gigabytes para cada pessoa no mundo.

Para o universo digital, os números são positivos, pois trazem possibilidades de desenvolvimento e amadurecimento de tecnologias, com o Big Data, a IoT e a inteligência artificial. Mas, para aproveitar esse avanço da melhor maneira, as empresas precisam estar preparadas. E não só para receber o crescente volume de dados mas, principalmente, para fazer a melhor gestão deles, de forma a gerar insights para o negócio.

Mas como fazer uma gestão de dados realmente eficiente? A aposta para o presente e o futuro são as tecnologias cognitivas! Elas são capazes de facilitar a tomada de decisões, já que utilizam ferramentas como inteligência artificial, processamento de linguagem natural e visão e interação humanas adaptadas às máquinas. Em um mundo que exige um grande processamento de dados por minuto, saber tomar as decisões corretas, na hora mais apropriada, é fundamental.

Para traduzir o que é uma tecnologia cognitiva, vou citar um exemplo. Imagine que um laboratório médico esteja gastando muito tempo para entregar os resultados dos exames ao clientes, gerando insatisfação quanto ao serviço. Como seria possível usar a tecnologia cognitiva para resolver essa questão? Uma das saídas mais eficientes seria instalar totens de autosserviço com chatbots embarcados que, ao mesmo tempo em que conversam com o cliente para extrair as informações necessárias, também buscam o resultado, imprimem e entregam ao cliente em questão de poucos minutos.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Canal Tech com a matéria completa.

Facebook Comments