Tecnologia, inovação e a forte demanda da sociedade por fontes de energia de baixa emissão de carbono são os principais indicativos de que a transformação do mix energético será em um futuro cada vez mais próximo. Estima-se que até 2040, ele será o mais diversificado que já tenhamos visto. Petróleo, gás natural, carvão e combustíveis não-fósseis coexistirão em perfeita harmonia. Cada um corresponderá a cerca de 25% das fontes de energia, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Hoje, o setor de óleo e gás já percebe essa mudança de mercado. Como exemplo, podemos mencionar que a demanda por gás natural ultrapassa a demanda de carvão.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Além da Superfície e acesse a matéria completa.

Facebook Comments