Indústria 4.0 | O Brasil está pronto para a inovação das fábricas...

Indústria 4.0 | O Brasil está pronto para a inovação das fábricas inteligentes?

De 1780 até meados de 1830, a Primeira Revolução Industrial transformou os métodos de produção artesanal com máquinas mecânicas, geralmente movidas a vapor, mudando a manufatura para sempre. Já na segunda metade do século XIX, a Segunda Revolução Industrial trouxe a eletricidade para as fábricas, o que permitiu o surgimento das linhas de montagem, com grande parte da inovação voltada para as inteligências de guerra durante o período. Com o advento da Internet, ainda na década de 1960, veio a Terceira Revolução Industrial, criando a manufatura automatizada, requerendo nova especialização da mão-de-obra e, claro, sendo fomentada pela conexão em rede de computadores e todas as ferramentas que ela proporciona.

Entretanto, estamos presenciando o surgimento de uma Quarta Revolução Industrial, que une a produção aos sistemas ciberfísicos, Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) e o uso da internet para a prestação de serviços. As fábricas inteligentes, cada vez mais eficientes, automatizadas e customizáveis, se baseiam em seis princípios para seu desenvolvimento e implementação:

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Indústria 4.0 e acesse a matéria completa.

Facebook Comments