Conheça o carro esportivo movido a restos de cana-de-açúcar

Conheça o carro esportivo movido a restos de cana-de-açúcar

Além de emitir menos gases nocivos ao ambiente, tecnologia empregada no veículo pode representar economia de R$ 1 por litro frente ao diesel

Os resíduos da cana-de-açúcar que saem da Cooperativa Agrícola Regional de Produtores de Cana (Coopcana), no Paraná, acabam no tanque de um carro esportivo da Audi. A tecnologia Tron da gigante alemã, aplicada no A5 Sportback, trabalha combustíveis alternativos. Os modelos g-tron, como é o caso desse veículo, funcionam à base de gás natural.

O motor 2.0 TFSI tem 170 cavalos de potência e 270 Nm de torque. Os tanques de combustível estão localizados abaixo da estrutura traseira e armazenam 19 quilos de gás, com autonomia para rodar até 500 quilômetros.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Canal Rural com a matéria completa.

Facebook Comments