Consumo de etanol hidratado bate recorde histórico em agosto

Consumo de etanol hidratado bate recorde histórico em agosto

Pixabay

O Brasil nunca consumiu tanto etanol hidratado em um único mês como em agosto de 2018. Foram 1,818 bilhão de litros nos 31 dias do mês.

Os preços em alta da gasolina e em baixa do açúcar fizeram o mix das usinas ficar eminentemente alcooleiro. O resultado foi estoques elevados de etanol e preços em relação à gasolina altamente favoráveis ao biocombustível. O consumidor está respondendo à esta situação.

O consumo elevado já era esperado: a tendência começou a ficar clara quando os preços do etanol começaram a subir nas usinas. O momento da virada foi em 21 e 22 de agosto, quando os preços em Paulínia interromperam a queda e iniciaram uma trajetória de forte alta. Um sinal de que as distribuidoras estavam intensificando as compras para um nível desejado. Os dados de vendas de etanol divulgados quinzenalmente pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) confirmaram a tendência. Agora, os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) comprovam a expectativa.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Nova Cana.

Facebook Comments