Problemas de condensação

Problemas de condensação

O fenômeno da condensação em casa é um problema comum para muitos proprietários de imóveis em todo o mundo,  principalmente em países e regiões com climas mais frios. Porém, é relativamente simples de resolvê-lo e impedi-lo de voltar.

Em linhas gerais e para fácil entendimento, quando a umidade do ar entra em contato com uma superfície mais fria, como uma parede ou janela, o ar quente é incapaz de manter a mesma quantidade de umidade e a água é liberada para a superfície mais gelada, criando pequenas gotículas que aparecem a que se dá o nome de condensação. Ela também pode aparecer em áreas onde a circulação de ar é restrita, como atrás da mobília do quarto e
dentro de armários que podem começar a criar um cheiro peculiar e levar ao aparecimento e crescimento de mofo nas roupas, móveis e paredes.

Seja num apartamento, hotel, casa ou bangalô, os problemas associados com a condensação afetam todos nós. Muitas pessoas acordam uma manhã e ao abrirem as cortinas encontram as janelas completamente embaçadas, especialmente no inverno. Este é geralmente um sinal de que você tem um problema que precisa ser corrigido. Se recorrente e não resolvido pode ter um efeito debilitante sobre os donos da propriedade.

Paredes molhadas e janelas embaçadas durante um período prolongado de tempo começam a acarretar novos problemas, como rachaduras, descascamento e estufamento do papel de
parede ou tinta, manchas pretas ou esverdeadas e, finalmente, o crescimento de mofo. Vale pontuar ainda que a rotina diária de chuveiros, banheiras, chaleiras, cozinhar, secar
roupa e mesmo respirar contribui para a condensação. Uma família de 4 indivíduos, por exemplo, gera aproximadamente 4 copos de água por pessoa por dia, igual a mais de 100
canecas de vapor de água por semana, que tem que acabar em algum lugar. Além de melhorar a saúde dos moradores que vivem em habitações afetadas, as recompensas na resolução e prevenção dos problemas de condensação, assim como o
correto planejamento residencial para amenizá-los ou extingui-los, são enormes. Não só em custos de manutenção, como também na preservação estrutural do imóvel, mobília e artefatos presentes.

Facebook Comments

Deixar uma resposta