Hotéis que são verdadeiras galerias de arte

0
219

Diversos hotéis americanos estão incorporando e apresentando arte nas mais diferenciadas
maneiras, se tornando cada vez mais acolhedores para artistas ficarem e criarem em suas
propriedades. Confira sete empreendimentos que estão apoiando profissionais de diferentes mídias por meio de programas de residência e instalações de obras.

Motif Seattle, Washington

No ano passado, o Motif revelou um retrofit em seus quartos de US$ 10 milhões, liderado
pelo birô de arquitetura e design local DEGAN & DEGAN. Todos os 319 quartos do hotel, bem como os corredores, incorporaram materiais como madeiras naturais do noroeste do Pacífico, num projeto que serve ainda como plataforma para o programa do artista visitante, onde a cada ano é escolhido um profissional local para colaborar com a concepção de papelaria, envelopes, amenidades, cartões-chave e muito mais.

The Pfister Hotel, Milwaukee, Wisconsin

O Pfister começou seu programa em 2009 e a cada ano um artista local é convidado a
trabalhar num estúdio aberto na entrada da propriedade. Os hóspedes são incentivados a
interagir com o profissional e ver como cada peça é feita. Em abril, o hotel congratulou-se
com seu décimo artista residente, a designer de moda Stephanie Schultz, que até o final de
sua estadia vai projetar entre 16 e 20 peças para uma linha de moda inspirada pela coleção
de arte vitoriana do hotel e detalhes ornamentados.

Moxy DC, Washington, D.C.

O grupo Moxy lançou a campanha #BlankCanvas em 2016 como forma de se rebelar contra
os conceitos tradicionais de arte hoteleira. Numa parceria com a plataforma internacional
Talenthouse, artistas de todo o mundo poderiam apresentar obras para concorrer a uma
exposição permanente de arte. E a unidade de Washington, que abriu suas portas
recentemente, teve como escolhido o artista visual calcutaense Rahul Jha apresentando
uma peça que consiste de quatro obras em vídeo que “mostram os diferentes humores e vibrações de Downtown DC”.

Autograph Collection Hotels

O projeto Autograph Collection’s Indie Film é uma plataforma criada para distribuidores de
filme independente, cineastas e roteiristas. Este ano, a atriz e produtora Maggie Gyllenhaal está à frente do projeto e selecionou três roteiristas femininas para participar: Sarah Jane,
Amanda Idoko e Chiara Towne. Elas passaram uma semana em um hotel Autograph
Collection de sua escolha como maneira de se inspirar enquanto trabalhavam em roteiros
existentes ou inéditos.

Four Seasons Resort Rancho Encantado, Santa Fé, Novo México

Em outubro, o Four Seasons Resort Rancho Encantado anunciou o lançamento do seu
programa para artistas, visando colaborar com turismo de Santa Fé. Cinco profissionais
locais – Cheri O’Brien, Janet O’Neal, Roberta Parry, Sean Mary Helen Johnson e Irene
Owsley – foram selecionados a passar três dias de novembro a fevereiro de 2019 no Resort,
com objetivo de conectá-los aos hóspedes, além de apresentar criações ao vivo.

The Lincoln Marriott Cornhusker Hotel, Lincoln, Nebraska

Em busca de seu quarto artista para começar uma residência em abril de 2019, a unidade já contou com a participação de Margaret Berry, cujas pinturas usando resina, pigmento e cera de abelha, inspiraram o hotel a abrigar mais de 80.000 desses insetos como maneira de espalhar a consciência de sua importância para o meio-ambiente, além de usar o mel em diversos itens de um menu diferenciado.

L’Auberge de Sedona, Arizona

Em colaboração com a Galeria de Goldstein e a própria Linda Goldenstein, curadora das
obras de arte rotativas em espaços públicos da propriedade, o hotel disponibiliza uma visita
auto-guiada, onde os convidados podem participar de interações com artistas que visitam a
propriedade até quatro vezes por semana e vê-los criar novas peças nos eventos “Plein Air
Paint Outs”.

CRÉDITO IMAGEM: Cortesia L’Auberge de Sedona