O biênio dos leilões

O biênio dos leilões

Desde a retomada do calendário de leilões, o Brasil tem se consolidado no centro da estratégia de grandes empresas da indústria de óleo e gás, impulsionando o desenvolvimento tecnológico e a rede de fornecimento do setor, principalmente no eixo Rio-Macaé.

E é no epicentro das operações que a Bacia de Campos e a cidade de Macaé exercem um importante papel na redefinição do volume de produção de óleo e gás registrado atualmente.

Neste cenário extremamente promissor, as operadoras têm realizado projeções positivas e movimentado o setor: só a Petrobras, por exemplo, anunciou mais de R$ 42 bilhões em investimentos para os próximos 4 anos.

Além disso, a empresa brasileira está em consórcio com a ExxonMobil e a Statoil, que pagaram mais de R$ 2,4 bilhões em bônus de assinatura para expandir as operações em águas nacionais e reconfigurar o quadro de extração de barris diários de óleo bruto e gás natural, que hoje dão a Bacia de Santos a liderança nacional.

Para os próximos oito anos estão previstos mais de R$ 600 milhões de investimentos em Macaé, o que pelas contas das empresas do setor poderão abrir mais de 10 mil postos de trabalho.

Confira abaixo o infográfico com detalhes sobre os últimos leilões, os principais resultados e entenda o impacto de um calendário consolidado na criação de novos projetos, bem como o papel da Brasil Offshore no fortalecimento da rede de fornecedores na região.

Conteúdo proprietário: Reed Exhibitions Alcântara Machado
Autor: Emanuelle Herrera

Facebook Comments